Como eu era antes de você.

Não tinha como né, tive que me render.

como_eu_era_antes_de_voce

Assisti o filme ontem e confesso que foi melhor do que eu esperava.
Eu não li o livro ainda (VERGONHA!) mas é que não caiu no sorteio da TBR-Jar… Está na lista!
Eu já sabia que algumas coisas aconteciam – a internet está cheia de spoilers – mas valeu a pena.
O fato dele ser rico e bonitão me deixou preocupada que fosse um daqueles clichês em que ele quer ter a moça boba de qualquer jeito e ela vai aceitando e larga o amor da vida por alguém que é “melhor”. Mas não! É totalmente diferente.
Para começar eu não achei ele arrogante como os atuais galãs são. Ele pode ser rude, mas é pelo que aconteceu com ele e não por ser um riquinho metido.
Tive uma raiva profunda da ex dele, então ele merecia um amor e ser feliz.
Nada de cenas de romance demais nem picantes… é mesmo uma grande amizade que se torna carinho, amor.
Muita gente saiu do cinema reclamando do fim do filme, cheios de achismos de como deveria ter sido o final, mas eu gostei dessa forma.
É triste, mas ela junto com a mãe dele queria mudar a perspectiva dele da vida, mesmo que só ele estivesse sentindo e passando por tudo aquilo.
Não significa que ela não conseguiu mostrar todas as coisas maravilhosas da vida para ele, apenas acabou sendo uma ótima despedida.
O que na verdade mais me interessou, é que apesar da situação dele, é ele quem muda a vida dela, quem ensina tudo e mostra coisas novas.
E voltando ao fato do dinheiro que ele tem, e de como a maioria dos filmes e livros hoje em dia mostra os homens e seus presentes perfeitos para as mulheres, nesse filme, o protagonista conseguiu dar o melhor presente do mundo sem gastar valores absurdos. Toda mulher gosta de jóias, mas saber exatamente o que dar para uma pessoa é mágico.
Mesmo sem ler o livro, sei que algumas partes não estão no filme, vai ser interessante ler para pegar esses detalhes.
Sobre essa perfeição chamada Emilia Clarke, ainda não tinha assistido nada com ela! (Não, eu não vejo GoT, superem!) A sobrancelha dela me dava um certo desespero no começo, mas depois comecei a me apaixonar pelo carisma e ela passou a ser a mulher mais perfeita do mundo.
Com suas roupas todas coloridas e atuação perfeita, ela torna a personagem como um raio de sol na vida de Will, amei ela, já quero assistir tudo que ela já fez.
Ah claro, Sam Claflin é maravilhoso! (E atua super bem, ele sente a mão depois de ficar gravando daquele jeito???????)
Eu não chorei, mas ouvi muitos soluços dentro do cinema…
A questão é que super aprovei o filme (talvez eu assista de novo em um futuro distante pelo Netflix)
Alguém ai já assistiu? Quero opiniões!

como-eu-era-antes-de-vc-livros-de-romance

Anúncios

Branca de Neve e o Caçador.

Branca de Neve e o Caçador – Lily Blake, Evan Daugherty, John Lee Hancock, Hossein Amini

SWATH_revtrim.indd

Sinopse: Há dez anos, a vingativa Rainha Ravenna assassinou o rei na mesma noite em que se casara com ele. No entanto, dominar o reino tornou-se um sofrimento para a Rainha. Para salvar seus poderes, ela deve devorar um coração puro, e Branca de Neve é a única pessoa com esse coração. A fim de capturá-la, Ravenna recorre ao Caçador, o único homem que já se aventurou pela Floresta Sombria e sobreviveu. Branca de Neve será morta pelo Caçador? Ou será treinada por ele e se tornará a melhor guerreira que o reino já conheceu?


Pela sinopse já vemos que o livro é muito diferente do conto de fadas que conhecemos.
Todo mundo que me conhece sabe que sou apaixonada pela Branca de Neve e  amei o livro. Nem sempre gosto das muitas versões que saem da princesa.
O que mais me fez gostar do livro, é que a princesa realmente tem tempo de se apaixonar, não é o básico de encontrar o príncipe e se casar, assim ela parece mais real do que no conto da Disney.
A Rainha não é só a malvada invejosa que quer ser a mais bela, mas precisa comer corações para ser bela! Branca de Neve não cresce como empregada limpando a casa, vestindo trapos e cantando com pombas (odeio pombas!), mas presa em uma torre vendo muitas moças irem até a rainha e não retornarem.
Branca de Neve não é a moça ingênua que estamos acostumados (bela, recatada e do lar), mas corajosa e guerreira, desde a parte que foge da torre até o fim do livro.
No filme da Disney, o caçador tem dó e tal, mas manda ela correr e vaza. Aqui, ela o convence a ajudá-la na fuga pela floresta assustadora! (Que é assustadora de verdade, não só na imaginação dela).
E então entramos em toda a história do caçador, onde ele tem um passado e conhecemos o personagem. É muito interessante, percebemos que ele não idolatra a Rainha e segue suas ordens cegamente, mas está fazendo isso por uma promessa de ter sua amada de volta.
Os anões aqui não são fofinhos e engraçadinhos e ficam totalmente em segundo plano, demoram até para aparecer. O príncipe parece ser importante, mas não teve importância nenhuma para mim. (O beijo dele nem sequer funciona! Oops..)
Apesar de todas as diferenças, minha cena favorita continua ali, da maçã envenenada.
Enfim, eu gostei do livro apesar de ter ouvido vários comentários contrários sobre ele.
Tenho até vergonha de assumir, mas ainda não vi o filme!
Leiam e me contem a opinião de vocês.


“Seu coração é feito de vidro ou da pura cor, Branca de Neve?” 


Curiosidade:  O veado tem um “osso” em seu coração, que na verdade é uma parte de suas artérias endurecidas até terem a consistência de osso.
Isso é abordado no livro, falando sobre ser um osso da sorte, adorei isso!
E ainda fez com que o veado aparecesse na história, já que ele é um dos animais que está com Branca de Neve no conto da Disney, achei interessante que falassem sobre ele.

Página do livro no skoob.

O resgate do tigre.

O Resgate do tigre – Collen Houck

17913783

Sinopse: Fé. Confiança. Desejo. Até onde você iria para libertar a pessoa amada? Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos lhe reservassem experiências tão loucas. Além de lutar contra macacos d’água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos. Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca – dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren –, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey. Em ‘O resgate do Tigre’, a aguardada sequência de ‘A maldição do tigre’, os três personagens dão mais um passo para quebrar a antiga profecia que os une. Com o dobro de ação, aventura e romance, este livro oferece a seus leitores uma experiência arrebatadora da primeira à última página.


Se você ainda não leu A maldição do tigre, aconselho que faça isso antes de continuar lendo esse post.

Confesso que não gostei tanto dessa capa como da primeira… mas ai já estava amarrada demais para não ler esse também.
A primeira coisa que pensei quando comecei o livro foi “Tomara que nesse não tenha macacos”. Bom, a questão é… PIORA!
Kelsey já está completamente apaixonada pelo príncipe tigre e eis que aparece o irmão dele, outro príncipe tigre! (Ela tem dois e eu nenhum).
Apesar de ser aquela ladainha da menina comum com dois caras perfeitos babando por ela, o livro tem toda uma história que faz com que isso não fique chato.
Sem contar que ela sente que não merece um príncipe em sua vida e decide sair com caras “normais”. (OPS, spoiler???)
Nesse livro, você já passa a entender que eles tem muito pela frente, os três vão ter que enfrentar muitas coisas juntos e toda a paixão e intrigas adolescentes, acabam ficando em segundo plano com essa história arrebatadora.
Temos muito mais ação nesse volume do que no primeiro! Sem contar um vilão diferente de tudo que já vi antes e muito sofrimento.
Lendo esse livro, consegui até prender a atenção do meu pai, que disse que assim que sair o filme vai ver comigo… O livro pode ter uma história “teen” mas prende adultos também.
Impossível não se colocar no lugar da heroína, pensar se está preparada para outra parte da missão e se maravilhar com os lugares e artefatos. É maravilhoso!
O final me deixou de boca aberta, magoada, brava e mais um pouco, mas ai vocês já vão ter que ler para entender.
Enfim, esse é o segundo… não preciso convencer vocês, já que assim que li o primeiro estava  desesperada para ler esse.
Leiam, se apaixonem e corram atrás do terceiro! Haha

Página do livro no skoob.
Você pode baixar o livro aqui.
Se ainda não leu, veja a resenha do primeiro livro “A Maldição do tigre”, aqui.

A maldição do tigre.

A maldição do tigre – Colleen Houck

110156962gg
Nunca devemos julgar um livro pela capa não é? Mas, esse foi exatamente o motivo de ter lido esse livro, a capa maravilhosa! Impossível ver em uma prateleira de livraria e não comprar.

Sinopse: Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor?

Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.

Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.

O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.

Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times.


Sabe aquela ideia, da garota beijar um sapo e ele virar um príncipe? Bom, agora o príncipe, é um tigre branco de olhos azuis… Muito mais fácil de se apegar a uma criatura dessa não é? (a autora, até dorme com um desses de pelúcia) E o príncipe, um indiano, com mais de 300 anos! Tudo assim fica muito mais interessante.
Apesar de ser atraída pela capa, devorei o livro!
Parece um romance adolescente… mas você vai se surpreender. O livro nos leva até a índia, fazendo dar uma vontade imensa de fazer as malas na hora e conhecer esse lugar maravilhoso. Aprendemos sobre a cultura, as roupas, deusas.. é mágico!
A garota do livro, se torna uma princesa, uma heroína… tudo isso enquanto lida com os problemas da adolescência, em seu primeiro romance.
Quando terminei o livro, dei graças a Deus pelo segundo já estar vindo pelo correio… você termina pronta para começar o próximo e descobrir o que vai acontecer.
E olha só que alegria: Vai virar filme!
Pode ler tranquila, porque você não vai se arrepender.
Acreditem, até de cobras eu gosto agora! Hahaha
Não posso falar muito, ou vou soltar alguns spoilers, mas espero que leiam e se divirtam.
Você vai amar entrar de cabeça nesse mundo, e ficar louca pelo próximo!

Página do livro no skoob.
Baixe aqui e comece a ler agora mesmo.

Romeu e Julieta.

livro-tragedias-shakespeare-16889-mlb20128815343_072014-f

Romeu e Julieta – William  Shakespeare.

Essa é a capa de um dos que tenho aqui, relíquia esquecida em uma estante de livros na casa da minha avó.
Apesar de saber a história inteira, li de novo assim que ela me deu o livro – e mais algumas vezes depois que já  estava com ele.

Livro antigo, de 1595, mas conhecido por todos.

Duas famílias o tempo todo brigando, em uma época em que a morte era a punição para brigas de rua. Uma menina de apenas 11 anos é a personagem principal, que faz parte da história romântica e trágica.
Romeu e Julieta, são filhos das duas famílias que são inimigas, Romeu tem um amor perdido, e tentando encontrar esse amor, acaba vendo e se apaixonando por Julieta.
Depois da festa em que ele a vê pela primeira vez, Romeu vai atrás de Julieta, na famosa cena da varanda, onde vê a menina declarando seu amor e resolve se casar com ela, apesar da briga entre as duas famílias.
Eles se casam escondido, com ajuda de um Frei.
E ai estamos na cena das mortes, em que um acaba matando o outro, já que naquela época as coisas aconteciam assim, essas partes do livro, ficam maravilhosas quando vistas no teatro.
O príncipe sabendo que Romeu cometeu um assassinato, decide expulsar ele de lá. O pai de Julieta, vendo ela triste manda que ela se case com o Conde Páris, e Romeu, passa a noite no quarto de Julieta onde “consumam” o casamento. (Lembrando aqui que ela tem apenas 11 anos)
Julieta pede ajuda ao Frei para poder ficar com Romeu, e esse da um frasco, com um liquido que deve fazer com que ela se pareça morta, e a ideia é que ela acorde para ficar com Romeu, que vai ser avisado do plano.
Na noite anterior ao casamento, o plano é colocado em ação e dada como morta, a família coloca Julieta na cripta.
A mensagem que deveria avisar Romeu sobre o plano é extraviada, e esse acreditando que Julieta realmente está morta, compra um veneno e vai até a cripta. La encontra com Paris, que acaba assassinando.
Romeu vendo a amada e acreditando que está morta, bebe o veneno. Julieta acorda como planejado, mas vendo que Romeu se matou, se suicida com o punhal dele.
Quando as duas famílias chegam na cripta o Frei conta toda a história proibida de amor dos dois, e as duas famílias se reconciliam pela morte dos filhos.

Apesar da história não ter um final feliz, gosto muito do livro. O modo como Romeu e Julieta conversam, com indiretas e metáforas, dando a possibilidade de guardar a honra, como era chamado na época caso ela não sentisse o mesmo por ele (lembrando  que Romeu encontrou Julieta enquanto procurava por um amor não correspondido).
Mesmo que seja um romance proibido e que hoje em dia a idade seja estranha, Romeu só passa a noite com Julieta depois de se casarem, o que facilita para ganhar o publico e os  leitores.
O livro ainda tem o dilema moral, onde os personagens tem que decidir entre ser fiel ao amor que sentem um pelo outro, ou ser fiel a família.
Muitas pessoas acabam vendo um final feliz, como se todas essa tragédia e a morte dos personagens principais, tivesse que acontecer para as duas famílias finalmente deixarem de ser inimigas.
O amor que Romeu sente por Rosalina, que não quer nada com ele, serve muito para mostrar a diferença do amor que ele passa a sentir por Julieta, que faz com que a gente acredite que o amor dos dois é realmente real e sério.
A peça e o livro, também exploram o feminismo, já que Julieta se recusa a casar com o homem que seu pai escolheu.


Em Verona na Itália, existe a “Casa de Julieta” onde fica uma estátua. É considerado sorte no amor, tocar o seio esquerdo da estátua.


Além do livro, teatro, filmes, histórias em quadrinhos, desenhos animados.. índico tudo relacionado a essa história que é uma das minhas preferidas. (Comam até o doce, porque não?)

 “Estas alegrias violentas têm fins violentos
 Falecendo no triunfo, como fogo e pólvora
 Que num beijo se consomem.”

Romeu e Julieta, Ato II, Cena VI

Gêmeas.

Primeira postagem de 2016! (super atrasada)

Gêmeas – Mônica de Castro pelo espírito Leonel. 
Não se separa o que a vida juntou.

gc3aameas

Sinopse: A obra traz as histórias das irmãs gêmeas Suzane e Beatriz que, separadas ao nascer, vêem seus caminhos entrelaçados por coincidências aparentemente inexplicáveis, mas que levam à compreensão sobre o intrigante e inteligente sistema de leis que regem os nossos destinos

‘Ninguém pode separar o que a vida juntou. Essa história nos ajuda a compreender que as nossas ilusões do mundo nos cegam e nos distanciam dos verdadeiros valores da vida. Nossos caminhos se entrelaçam para nos levar à experiências que nos revelam a certeza e a perfeição das leis universais’, explica a autora.


Mais um livro espirita, esse foi presente.. não sabia o que esperar quando comecei a ler, mas é impossível não se prender a história e amar.
Com crime e suspense, você torce para as personagens e percebe o quão entrelaçada nossa vida realmente é.
É muito fácil de ler, a autora separa capítulos para contar a história de cada uma das personagens, dando sentido a tudo.
Logo no começo temos uma mistura de sentimentos, com raiva da decisão tomada pelos pais das gêmeas, depois dó de como a trama se desenrolou, mostrando que nossos atos tem consequências aqui mesmo.
Até quem não está acostumado com leituras do gênero espírita consegue entender o livro com facilidade e gostar, a autora soube colocar tudo explicadinho.

O livro me surpreendeu, recomendo a leitura para todos.

Página do livro no  skoob.

Herdeiros de nós mesmos.

Herdeiros de nós mesmos, é um livro de Mauricio de Castro pelo espírito Hermes.

23827078_4.jpg

 Sinopse: A fazenda Boa Esperança era uma verdadeira mina de ouro. Durante anos, ela vinha sustentando a família Caldeiras com luxo e muito dinheiro. Mas o velho Mariano, dono de todo aquele império, agora estava doente e à beira da morte.
O sobrinho Cássio, quase um filho para Mariano, agora comandava a usina. Seria natural que ele assumisse a administração dos negócios, após a morte de Mariano, herdando toda a fortuna. Matilde, mãe de Cássio, e Ana, sua beata irmã, aguardavam com ansiedade a passagem de Mariano para o outro lado da vida a fim de continuarem usufruindo do poder e da riqueza.
Mas a vida traz suas lições e ensinamentos. Cássio apaixona-se por Sara, uma humilde vendedora de doces na praça da cidade, e a história ganha contornos inesperados.

Uma história comovente, cheia de reviravoltas. O romance nos mostra que todos os erros e acertos que cometemos hoje, vão nos alcançar no futuro, somos responsáveis por tudo de bom e ruim que acontece conosco.
Um livro cheio de romance, traição, ganância, poder, vaidade, intrigas em uma trama de ação.  Trazendo grande aprendizado sobre os bens materiais que conquistamos e o que isso significa na nossa vida espiritual.
Talvez depois de Herdeiros de nós mesmos, você passe a acreditar que o amor, pode sim, quebrar todas as barreiras.
Li super rápido, me prendeu demais por querer saber o que aconteceria em seguida, torci o tempo todo para os personagens ficarem juntos e adorei o final. Super vale a pena ler!

Veja aqui a página do livro no Skoob.