Gotinhas de iogurte!

gotinhas-de-iogurte1-800x625
Essa receitinha é do site SOS solteiros.. O link do post deles está aqui.

Assim que me deparei com essa dica quis tentar… Como ali não fala qual iogurte usar, tentei com o meu favorito.

482528
(cade o patrocínio pela propaganda Nestlé?)

Fiz como fala na receita, colocando o iogurte em um saquinho e cortando a pontinha… da pra usar um confeitador de bolo também.
Porém, aconselho fazer com um iogurte mais firme, com esse deu certo, mas ficou “achatadinho” e não exatamente gotinhas… Acredito que com um mais líquido do que esse já não funcione muito bem.
Enfim, quando fui ver não tinha mais papel manteiga, então coloquei em uma tampa e deu certo também, não grudou!
Um pote desse de iogurte dá muuuuuitas gotinhas, e a parte com geleia fica especialmente gostosa.
Adorei a dica e tive que compartilhar com vocês.
Nesse calor, algo refrescante e saudável super vale a pena né?
Caso você não seja tão saudável assim, pode aproveitar e colocar as gotinhas em cima do seu sorvete de massa, eu testei e super aprovei. (Eu não sou nada saudável)
Infelizmente não tirei fotos hoje, meu celular acordou de mau humor e bravo comigo…
Mas tentem, da super certo e é uma delícia. Inclusive, você quer comer todos e não para enquanto não vê que acabou! hahaha

Espero que gostem 😉

ps: Esse site onde peguei a dica tem muuuuitas coisas interessantes e práticas, corre conferir.

Em busca do sentido da vida.

Em busca do sentido da vida – Augusto Cury. 
em2bbusca2bdo2bsentido2bda2bvida

Sinopse: Este romance é sobre um colecionador de lágrimas que, depois de experimentar terríveis perdas e sofrer derrotas inimagináveis, transforma-se num colecionador de esperanças. Ao ler esta obra você acompanhará a fascinante vida de um homem que aprendeu a superar o desespero e a dor após viver um dos capítulos mais dramáticos da história da humanidade. O professor Júlio Verne, um célebre intelectual de seu tempo, vive asfixiado por rotina, fama e conforto. Sua vida não tem um sentido existencial nobre. É então que ele descobre a “lei vital da psiquiatria/psicologia”: uma pessoa só é verdadeiramente feliz quando procura irrigar a felicidade dos outros e promover seu bem estar. Assim, em busca de um sentido existencial, o professor aceita participar do inédito e incrível projeto tecnológico de viajar no tempo. Seu objetivo: impedir que a Segunda Guerra Mundial aconteça e varrer das páginas da História as piores atrocidades já cometidas pelos homens.


Já não é novidade que sou apaixonada pelos livros da Segunda Guerra, mas geralmente leio apenas os reais. Nesse livro Augusto Cury mistura realidade e fantasia, colocando um professor de história que deseja conseguir dar um sentido pra sua própria vida, em uma missão de volta ao passado, para tentar conseguir a felicidade das pessoas que sofreram com Hitler.
Como Julio Verne é um professor de história, o livro explica muito bem os detalhes de tudo que aconteceu, pra quem não estuda tanto sobre o assunto o livro é bem fácil de entender.
Porem, ajuda se você ler “O Colecionador de lágrimas” antes, é uma espécie de continuação.
O mais interessante, é que o autor explora a personalidade de Hitler desde a infância.. nos fazendo pensar se ele deveria ter sido morto como mandaram Julio fazer indo para o passado, ou se tendo um outro tipo de vida desde sua infância dava para ser salvo e não se tornar esse monstro.
O livro me tocou muito, e olha que já li relatos muito mais tristes sobre os campos de concentração, mas dessa forma, você vê a coisa toda como se estivesse sendo jogado no meio daquilo tudo, assim como acontece com o personagem.
O livro é bom e superou minhas expectativas, dos que li do autor é até agora meu favorito.

Página do livro no skoob.
Se ainda não leu, você pode baixar “O colecionador de lágrimas” aqui, o primeiro livro.

God of War

God of War: A história oficial que deu origem ao jogo.
Robert E. Vardeman, Matthew Stover

112128439_1gg

Sinopse: Esta obra procura contar em detalhes a história de Kratos, guerreiro grego que trabalha para os deuses do Olimpo e, após ser manipulado pelo deus da guerra, almeja por vingança e por matar o próprio Ares, o deus da Guerra.


Já deu para ver que meu gosto é bem variado né?
Amei ter adquirido esse livro! Quando li a capa, super achei que o jogo inteiro tinha saído do livro.. só depois fui entender que na verdade, o livro veio depois.
Apesar de não jogar muito, esse é um dos jogos que de vez em quando tento fechar (sim, sou tão ruim que ainda não consegui).
Sempre gostei muito de ler sobre deuses do Olimpo, e como ler é muito mais a minha cara do que jogar, esse livro eu tinha que ter.
Gostando ou não de jogar, vale a pena ler!
O livro entra bem na mitologia grega.. e tem até detalhes que não tem no jogo (por isso se você fechou, diferente de mim… vale a pena ler do mesmo jeito).
O livro é tão bom, que você quase começa a pensar que Kratos, realmente faz parte da mitologia.
Os seres mitológicos sempre chamaram minha atenção, mas a forma como o livro coloca medusa e como Kratos interage com ela (impossível falar disso gente, vou dar spoiler!) me prendeu muito, amei ler essa parte.
Eu que sou um pouco lerda, confesso que o livro, até me ajudou a entender algumas coisas que no jogo só estavam implícitas.
É muito interessante entrar na cabeça dos deuses e até na do Kratos, entendendo como ele se tornou esse derrubador de sangue. (Alias, o livro é bem sangrento)
Homens podem brigar comigo, mas como uma boa mulherzinha, torci e me apaixonei por Kratos com o livro.
Enfim, vale a pena ler, reler, jogar e se deliciar, a trama te prende do início ao fim.
Já existe o segundo livro (que não li ainda).

Página do livro no skoob.
Não perca tempo e baixe aqui.

A maldição do tigre.

A maldição do tigre – Colleen Houck

110156962gg
Nunca devemos julgar um livro pela capa não é? Mas, esse foi exatamente o motivo de ter lido esse livro, a capa maravilhosa! Impossível ver em uma prateleira de livraria e não comprar.

Sinopse: Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor?

Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.

Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.

O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.

Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times.


Sabe aquela ideia, da garota beijar um sapo e ele virar um príncipe? Bom, agora o príncipe, é um tigre branco de olhos azuis… Muito mais fácil de se apegar a uma criatura dessa não é? (a autora, até dorme com um desses de pelúcia) E o príncipe, um indiano, com mais de 300 anos! Tudo assim fica muito mais interessante.
Apesar de ser atraída pela capa, devorei o livro!
Parece um romance adolescente… mas você vai se surpreender. O livro nos leva até a índia, fazendo dar uma vontade imensa de fazer as malas na hora e conhecer esse lugar maravilhoso. Aprendemos sobre a cultura, as roupas, deusas.. é mágico!
A garota do livro, se torna uma princesa, uma heroína… tudo isso enquanto lida com os problemas da adolescência, em seu primeiro romance.
Quando terminei o livro, dei graças a Deus pelo segundo já estar vindo pelo correio… você termina pronta para começar o próximo e descobrir o que vai acontecer.
E olha só que alegria: Vai virar filme!
Pode ler tranquila, porque você não vai se arrepender.
Acreditem, até de cobras eu gosto agora! Hahaha
Não posso falar muito, ou vou soltar alguns spoilers, mas espero que leiam e se divirtam.
Você vai amar entrar de cabeça nesse mundo, e ficar louca pelo próximo!

Página do livro no skoob.
Baixe aqui e comece a ler agora mesmo.

Dr. House – Um Guia para a Vida

Dr. House – Um Guia para a Vida 
Toni de La Torre

0220-20dr20house20um20guia20para20a20vida20-20capa

Descrição: House M.D. É uma das séries que mais faz sucesso na televisão atualmente e isso se deve ao seu protagonista, o Dr. House (interpretado por Hugh Laurie), um médico politicamente incorreto e bonitão que resolve casos que ninguém mais consegue enquanto detona seus pacientes, destila comentários sarcásticos a todos que estão à sua volta (especialmente seus subordinados) e se acha o dono da verdade. Este livro faz um raio X da vida do Dr. House e dá lições práticas de como ser mais parecido com ele e utilizar suas filosofias no seu dia a dia. Você se surpreenderá em como muitas das coisas ditas aqui se encaixam em sua vida e verá que o médico rabugento pode ter razão. O autor não tem a pretensão de ser o dono da verdade (afinal, ele sabe bem que esse é o papel de House), por isso, logo nas primeiras páginas, ele explica:
“Este é um livro de autoajuda, mas será que vai mesmo ser útil? Quantos livros que prometiam a felicidade você comprou anteriormente e acabaram no lixo? Antes de perder tempo e dinheiro na aquisição e leitura deste guia que tem em mãos, responda algumas questões propostas aqui e verifique se precisa mesmo comprá-lo”.


Um livro de ajuda (muito) diferente. Na verdade, totalmente ao contrário, faça exatamente o oposto do que o livro te diz para fazer! Ou apenas leia e de muita risada como eu fiz.
Apesar de classificado como livro de auto ajuda, é na verdade, escrito para fãs do querido personagem Dr House. Por sorte, eu faço parte dessa lista gigante de fãs da série e do personagem e adorei o livro.
Peguei emprestado da minha irmã, que também assistiu a série, confesso que eu provavelmente não compraria, mas me surpreendeu, o livro é engraçado, fala bastante sobre o personagem, cheio de imagens da série, com falas dele nos episódios e até uma comparação com Sherlock!
O livro também tem um teste para ver o quão parecido com House você é, e uma lista de musicas tocadas na série.
Uma leitura rápida e divertida, para matar  um pouco a saudade dessa série que tanto adoramos e relembrar nosso rabugento favorito.
Afinal, a auto ajuda em si, serve para  nos tornarmos mais como ele e vamos dizer a verdade, não é exatamente o que devemos fazer não é?

O livro é demais e super curtinho, recomendo.

Página do livro no skoob.

E não sobrou nenhum.

agatha-christie-and-then-there-were-none-1
E não sobrou nenhum – Agatha Christie
Anteriormente publicado como: “O caso dos dez negrinhos.”

SINOPSE

Dez pessoas diferentes recebem um mesmo convite para passar um fim de semana na remota Ilha do Soldado. Na primeira noite, após o jantar, elas ouvem uma voz acusando cada uma de um crime oculto cometido no passado. Mortes inexplicáveis e inescapáveis então se sucedem. E a cada convidado eliminado, também desaparece um dos soldadinhos que enfeitam a mesa de jantar. Quem poderia saber dos dez crimes distintos? Quem se arvoraria em seu juiz e carrasco? Como escapar da próxima execução?

A rainha do crime, com mais de 60 livros polícias maravilhosos e outros contos, não podia nos deixar algo melhor do que esse livro.
É com toda a certeza o meu preferido dela, já li muitas vezes e não me canso de ler, mesmo sabendo tudo que acontece e até já tendo decorado o poema.
Não leu ainda? Mas que poema?

DEZ SOLDADINHOS SAEM PARA JANTAR, A FOME OS MOVE;
UM DELES SE ENGASGOU, E ENTÃO SOBRARAM NOVE.

NOVE SOLDADINHOS ACORDADOS ATÉ TARDE, MAS NENHUM ESTÁ AFOITO;
UM DELES DORMIU DEMAIS, E ENTÃO SOBRARAM OITO.

OITO SOLDADINHOS VÃO A DEVON PASSEAR E COMPRAR CHICLETE;
UM NÃO QUIS MAIS VOLTAR, E ENTÃO SOBRARAM SETE.

SETE SOLDADINHOS VÃO RACHAR LENHA, MAS EIS
QUE UM DELES CORTOU-SE AO MEIO, E ENTÃO SOBRARAM SEIS.

SEIS SOLDADINHOS COM A COLMEIA, BRINCANDO COM AFINCO;
A ABELHA PICA UM, E ENTÃO SOBRAM CINCO.

CINCO SOLDADINHOS VÃO AO TRIBUNAL, VER JULGAR O FATO;
UM FICOU EM APUROS, E ENTÃO SOBRARAM QUARTO.

QUATRO SOLDADINHOS VÃO AO MAR, UM NÃO TEVE VEZ;
FOI ENGOLIDO PELO ARENQUE DEFUMADO, E ENTÃO SOBRARAM TRÊS.

TRÊS SOLDADINHOS PASSEANDO NO ZOO, VENDO LEÕES E BOIS,
O URSO ABRAÇOU UM, E ENTÃO SOBROU DOIS.

DOIS SOLDADINHOS BRINCANDO AO SOL, SEM MEDO ALGUM;
UM DELES SE QUEIMOU, E ENTÃO SOBROU SÓ UM.

UM SOLDADINHO FICA SOZINHO, SÓ RESTA UM;
ELE SE ENFORCOU,

E NÃO SOBROU NENHUM. 
Este é o poema que está emoldurado no quarto de todos os 10 convidados, de um anfitrião misterioso que não aparece na casa. Além do poema, 10 soldadinhos estão na mesa de jantar.
Um a um, os convidados começam a morrer, exatamente como no poema, ao mesmo tempo em que os soldadinhos vão sumindo da mesa.
Quem está matando?

A primeira vez que li o livro, assim que cheguei na última página, corri para a primeira e comecei a ler tudo de novo. É exatamente isso que todo mundo sente vontade quando termina, você tem a necessidade de ler tudo com outros olhos, é maravilhoso.

Todos que já leram sabem exatamente do que estou falando e porque estou indicando, quem ainda não leu, não tenho muito mais o que falar, é preciso ler e amar por si mesmo.

O livro já foi peça de teatro, inspirou filmes e até uma série de televisão.

Leiam, comentem e indiquem para todos esse ótimo livro.
Espero que gostem!

Aqui a página no skoob.

Os gatos nunca mentem sobre o amor.

1471890_232502596926306_1002601812_n

 Os gatos nunca mentem sobre o amor – Jayne Dillon 

Difícil para falar sobre esse livro, li já faz um tempo e confesso que não era o que eu esperava, mas acabei amando do mesmo jeito.
A história é real e a autora é a mãe de Lorcan, esse garotinho da capa. Essa belezinha no colo dele, é a Jessi-cat a gatinha que transformou a vida desse menino e sua família.
Lorcan é o mais novo dos 3 filhos de Jayne, e tem Mutismo Seletivo, essa doença o impede de falar em situações de estresse, na escola, com médicos e psicólogos.
Quando tudo vai ficando cada vez mais difícil, a família adota Jessi, a gatinha e Lorcan sentem um amor lindo um pelo outro, e é com ela, que ele começa a usar a fala.
Pela autora estar presente em todos os acontecimentos, o livro é bem real, você sabe que é assim que tudo realmente aconteceu, demonstra todo o carinho da família, mas ao mesmo tempo, tem todas as explicações sobre essas doenças tão pouco conhecidas, como o autismo e o mutismo seletivo.
O livro também nos mostra as estratégias que a família junto com a escola criou para conseguir ajudar Lorcan a evoluir.

Sinopse: Lorcan Dillon tinha sete anos quando sua mãe, Jayne, o ouviu dizer “eu te amo” pela primeira vez. As palavras não foram dirigidas a ela, mas à Jessi, seu bichinho de estimação. Lorcan é autista e sofre de mutismo seletivo, uma condição que o impossibilita de falar em determinadas situações, tornando-o incapaz de expressar emoções ou desfrutar do carinho de seus familiares. Ele nunca disse que amava alguém, mas tudo isso começou a mudar com a chegada de uma gatinha filhote chamada Jessi.

Sempre acreditei que os animais de estimação, tem uma forma muito bonita de estar do nosso lado, ajudar e amar infinitamente.
Nesse livro isso fica muito claro, quando Lorcan consegue expressar seu amor por Jessi, mesmo tendo dificuldade em fazer isso até com a própria mãe.

Se você também ama nossos anjinhos de quatro patas, vai se apaixonar por esse livro.

Página do livro no skoob.